Quinta, 23 de Setembro de 2021 21:25
Geral Entrevista

Gilmar Dias, presidente da EPO, fala sobre o crescimento de Alphaville Lagoa dos Ingleses

“Se posso dizer que a pandemia deixou alguma coisa, ela ensinou as pessoas a valorizarem o espaço de vida, a própria vida”

27/04/2021 16h47
262
Por: Alphaville Notícias Fonte: Redação AN
Crédito: Pedro Vilela
Crédito: Pedro Vilela

Alphaville Notícias – Empreendimentos de uso misto são a bola da vez no mercado imobiliário?

Gilmar Dias O Navegantes é um uso misto. Entendo que as pessoas buscam comodidade, querem ter tudo próximo, tudo à mão. Neste modelo, a pessoa mora, trabalha e consome, tudo no mesmo lugar. Isto é conforto, comodidade e a melhor solução de mobilidade urbana. Não há utilização de veículo na hora de comprar pão, remédio, ir ao salão de beleza ou restaurante. Isso encurta as distâncias. Não é necessário gastar combustível e energia para ir longe e contratar um determinado serviço; o uso misto vem neste formato para atender à demanda. Entendo também que os movimentos são pendulares. Em épocas anteriores já tínhamos o comércio e residências próximos, tudo convivendo. O modelo de residencial, comércio e empresarial apartado é interessante: você setoriza, mas também distancia. O uso misto aproxima e entrega ao cidadão o conceito de aproximação ao uso das coisas.

AN – Por qual motivo a EPO escolheu empreender no CSUL Lagoa dos Ingleses?

GD A região da Lagoa dos Ingleses já é e será uma centralidade muito pujante em Nova Lima. Começa no final da década de 1990, acelera um pouco em 2000, mas demorou a engatar. Sorte ou azar, este momento de pandemia traz a visão clara de que as pessoas querem viver em espaços com beleza natural e acesso à natureza – não só visual, mas real –, ter espaço e ar puro. A Lagoa dos Ingleses oferece tudo isso. É região muito bonita, com relevo e montanhas. Um visual muito agradável. É o caminho para a História de Minas. Está no eixo de Ouro Preto, muito próximo das cidades históricas. É um contingente de fatores especiais que – certamente – irão potencializar a região. Não tenho dúvida disso. Estou certo de que a Lagoa dos Ingleses será uma “cidade”, mais que uma centralidade do munícipio de Nova Lima. Tal pujança vem turbinada por este momento novo, de pandemia.

AN – Qual é o percentual de vendas da segunda fase do Navegantes? Quando a obra termina?

GD Estamos com cerca de 80% das unidades vendidos. A previsão de entrega do residencial é no segundo semestre de 2023; o corporativo no primeiro semestre de 2024.

AN – É possível afirmar que o público AB prefere morar, atualmente, em bairros e/ou regiões mais distantes dá área central, nas cidades de grande porte?

GD A população mais jovem busca novas fronteiras de ocupação, já que os centros de grandes cidades são regiões mais adensadas e estão com a ocupação mais antiga. No centro, os imóveis (quase sempre) são deteriorados, não passam por revitalização adequada e as construções vão envelhecendo. A ocupação dos espaços e a arquitetura ficam defasadas. Desta forma, as novas gerações buscam arquiteturas modernas, espaços de vivência bem desenhados, com funcionalidade. Luz solar, ventilação e vista também são importantes. Nas grandes urbanizações, como o centro de BH, a parte residencial vai sendo esvaziada. É natural: a população busca novas fronteiras.

AN – Com a pandemia houve valorização de lotes e casas em Alphaville. O senhor acredita que este cenário será mantido no pós-pandemia?

GD Com certeza. As pessoas vão procurar, com mais força, localizações tipo Lagoa dos Ingleses. Se posso dizer que a pandemia deixou algum legado, ela ensinou as pessoas a valorizarem o espaço de vida, a própria vida, apostar na qualidade e nos espaços da vivência da família. Antes, era acumular mais. Hoje, as pessoas querem viver mais e investir em qualidade de vida.  

AN – O número de empreendimentos comerciais em torno de Alphaville também aumentou. Esse interesse está diretamente relacionado ao poder aquisitivo do público ou ao aumento do número de moradores na região?

GD As duas coisas. É uma população com renda e poder de consumo mais alto. O adensamento tende a aumentar muito, para Alphaville chegar a ser uma “cidade”, a centralidade do munícipio. Com a chegada dos colégios – que facilitam as vidas das famílias – e de outras soluções que contribuem para fixar a residência – como a saúde – as pessoas terão tudo à mão: comércio, serviços, escolas e saúde; não precisam sair de Alphaville no dia a dia.

Nova Lima - MG
Atualizado às 20h44 - Fonte: Climatempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 13° Máx. 30°

19° Sensação
26.8 km/h Vento
46.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Sábado (25/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas